Cão da Capa

Cão da Capa – 22ª edição

Rita Lee teve um Dia de Princesa. Após um banho relaxante com produtos Perigot, para enxugar seus pelos delicados somente toalhas da Lav Mania, exigência da estrela, pois elas são 100% higienizadas e esterilizadas e suaves demais ao toque. Maquiagem e produção feitas por Le Petit Pet, com as mestras Flávia e Michelle, que usaram e abusaram da beleza natural de nossa estrela. Acessórios da Boutique Ternura dos Laços para completar esse trabalho excepcional. Enfim, para vocês, a musa da Dica Animal!

Nome: Rita Lee Mancini.
Raça e idade: Dog Street, de 4 a 5 anos. Perdi as contas.
Apelido: Talí, Piriquita li, Fidolenta Lee, Tutuca, Tutucali, Furacão Rita.
Segredos de Beleza: A vida na rua moldou minha beleza. Agora eu sou até meio cheinha, mas não me importo, passei tanta fome na vida… é o que sempre canto: “Adeus sarjeta, mamãe me adotou…”
Esporte: Rabo sincronizado. Meu amasiado, o Alemão, vive dizendo que abano muito o rabinho, que sou assanhada, mas eu sou simpática, ué. E afinal, abanar o rabo queima calorias.
Sonho: Viver tosada pintada de verde num eterno domingo…
Estudos: Escola da vida. Fui andando sem pensar em voltar, e sem ligar pro que me aconteceu… sofri muito nas ruas. Fui encontrada por um anjo e encaminhada a outro até chegar à Maria Cuca, do hotelzinho, que me deu de presente pra minha mãe. Enfim, no ar que eu respiro, eu sinto prazer, de estar onde estou, de ser quem eu sou. Sou uma cachorra muito bem resolvida.
Hobby: Adoro deitar na terra… e tomar banho de sol, banho de sol, banho de sol… baila comigo aa, uu…
Profissão: Não deu pra perceber? Cantora. Adoro latir. Pra pedir silêncio eu lato, pra fazer barulho eu mesma faço!
Relacionamentos amorosos: Eu sempre cantava: Papai do céu, me dá um namorado, lindo fiel, gentil e sarado… aí Ele me deu o Alemão e agora eu canto: Nada melhor do que não fazer nada, só pra deitar e rolar com você. Tenho alguns paqueras, mas só tenho focinhos pra ele. Ih, será que ele vai ler? Desculpe o auê, Lelê, eu não queria magoar você… enfim, a gente vive junto, a gente se dá bem… ops, essa é do Lulu Santos.
Mania: Toda vez que mamãe chega em casa, vou saudá-la levando alguma coisa. Uma folhinha, um brinquedo, tudo para ganhar algum petisco. Afinal, quem não chora daqui, não mama dali, diz o ditado.
O que deveria ser feito em relação aos cães abandonados? – Ah, eu era um deles, sei como dói ser maltratada e humilhada. É preciso castração! Gratuita! Informação para quem está vindo e punição para quem maltrata. Mas o que acontece? Ninguém sai de cima, nesse chove-não-molha… eu tive sorte, mas 99% não tem.
O que faz para irritar seus donos? Pulo. Sempre sassassaricando… porque sem sassaricar esta vida é um nó!
O que faz para agradá-los: ah, enquanto estou viva e cheia de graça eu faço minha família feliiiiiz.
Prato principal: Carninha, que mamãe coloca no meu brinquedo e eu tenho que fazer muito esforço pra comer. É tipo assim um exercício, mas danado de bom.
Dica Animal para seus cãopanheiros: Deus me perdoe por querer que Deus me livre e guarde de vocês, que não gostam dos animais. E mais: O amor é divino… a Dica é animal!