CAOportamento

CÃOguru

Pular é instintivo para os cães, uma manifestação física de alegria e um comportamento natural para descendentes de lobos. Eles pulam para ter uma maior proximidade com você, tentando alcançar seu rosto e entender sua expressão facial. Essa alegria toda não merece um chute nem tapas e berros. Use a psicologia. Seu melhor amigo merece sua dedicação.

* A melhor técnica é ignorar o cão toda vez que ele pular. Vire-se de costas, evite o contato visual, não lhe dê atenção. Quando ele estiver parado ou sentado, agrade-o. Se ele voltar a pular, ignore-o novamente.
* Alguns cães são difíceis de ignorar, como um São Bernardo, por exemplo. Se você vira de costas pode acabar com a cara no chão. Portanto, tenhamos algumas dicas na manga.
* Seu cão deve aprender a sentar-se. Aí então, troque o “não” pelo senta. Não eleve a voz nem se mexa muito, pois isso o estimulará ainda mais a pular.
* Se seu cão estiver com a coleira, prenda a guia com os pés.
* Segure suas patas e vá andando para frente, levando seu cão a andar de marcha à ré.
* Quando entrar em casa e seu cão pular em você, saia. Entre novamente e mande-o sentar-se. Repita até que ele obedeça e agrade-o imediatamente.
* O excesso de energia também pode ser a causa dos saltos. Para liberá-la, exercício físico diário é fundamental.

Muitos problemas comportamentais dos cães têm sua origem em problemas físicos, que devem ser descartados com o veterinário.