Sem categoria

Quem é irracional?

A raça humana se diferencia dos animais por ser inteligente. Será? Estamos aqui para evoluir, mas o mundo que vivenciamos sugere que isso é uma utopia. O caos em que nosso planeta se transforma mostra que algo muito importante está errado.
O erro está em dar pouca importância a atos como a sequência de brutalidades que quase tirou a vida do pitbull Highlander no sábado, dia 9 de março, no Jardim São Conrado, zona norte de Sorocaba. O próprio dono bateu no animal até deixá-lo inconsciente e deixou-o para morrer. Os moradores do bairro o enterraram, pois pensaram estar morto.
Uma moradora, porém, ouviu uivos e presenciou a cena surreal do cão saindo de sua cova, todo machucado, sofrendo horrores, mas lutando para sobreviver. Procurou ajuda, bateu em muitas portas, de autoridades a veterinários, até encontrar a Dra. Carolina Gutierres Pellizzer, que atende na Clínica Veterinária São Bento.
Dra. Carolina disse nunca haver presenciado tamanha brutalidade em sua profissão. O animal apresentava graves hematomas, traumatismo com inchaço evidente e machucados por todo o corpo. Também estava em estado lastimável de abandono, mau cuidado e repleto de parasitas.
O autor da atrocidade alegou que o cão tem uma doença incurável, então resolveu matá-lo ele mesmo, na pancada. Mesmo que fosse verdade – não é, a veterinária fez todos os exames no animal, que não apresentou nenhuma doença – qual a lógica de espancar um animal em sofrimento até matá-lo?
Highlander, como ficou conhecido o pitbull, recebeu este nome porque é mesmo um guerreiro imortal. Segundo Dra. Carolina, ele não morre mais, pois já morreu 3 vezes. Sobreviveu a um espancamento brutal, foi enterrado vivo por aproximadamente 5 horas e poderia ter morrido afogado devido a chuva forte da madrugada de sábado (09/03).
Foi aberto um Boletim de Ocorrência e o caso está sendo investigado pela Polícia Ambiental. O assunto não pode ser esquecido, como sempre acontece quando envolve animais. Crimes como esse precedem outros ainda maiores, há provas irrefutáveis disso.